Um conto para mulheres

Meu nome é Marina, tenho 32 anos, sou casada há 3 anos e sempre fui uma mulher muito fiel.

Recentemente mudamos para o segundo andar de um predinho e nossa janela da cozinha dá de frente para o apartamento onde moram 2 estudantes.

Um dos rapazes se chama Julio e deve ter uns 23 anos. Ficamos nos conhecendo quando ele me viu pela janela e perguntou se o som estava muito alto, falei que não me incomodava e até estava gostando daquela música, a partir daí nossos contatos juntoa janela se tornaram constantes.

Certa noite, lá pelos 2hs da madrugada, com insonia, fui ate a cozinha, percebi a luz do apartamento dos rapazes acesa e para meu maior prazer, Júlio estava na cozinha do jeitinho que veio ao mundo. Fiquei pasma ao observar seu corpo nu, sua bundinha parecia ter sido esculpida a canivete, ele tinha o corpo bronzeado e tinha marquinhas da sunga, seu pênis ainda mole era a coisa mais linda, seu saquinho formava junto com o seu membro a visão de parte do paraíso. Mantive a luz apagada para continuar o observando. Não sei o que deu em mim, de repente acendi a luz; Júlio tomou um baita susto e, ao olhar para mim, pareceu se sentir aliviado por não ser meu marido quem estava na cozinha, ele colocou as duas mãoes tampando seu pênis e isso o deixava lindo e a mim cheia de tesão. Fiquei envergonhada, ele me pediu desculpas e saiu.
No dia seguinte, Júlio bateu no meu apartamento para pedir desculpas e me prometer que aquilo não ia mais acontecer, de sopetão falei: -Que pena!. Nós rimos, aí falei que eu achava que o que era bonito era pra se mostrar, ele me disse que então quando eu deveria andar nua também pela casa. Fiquei vermelha, minha vagina já estava toda molhada e minha perna estremecia, Júlio percebeu, se aproximou de mim e me roubou um beijo. Suas mãos passaram sobre meus peitinhos, desceram e de repente tocaram minha vagina enxarcada que ele massageava como só ele sabia fazer, enquanto eu beijava sua boca linda. Gozei ali mesmo, ele me falou que queria fazer amor comigo. Lembrei que sou casada, mas depois de tudo que já tinha acontecido….Na realidade eu estava louca de tesão por ele, minha bucetinha já estava nas mãos dele, literalmente. Eu o levei para a minha cama, ficamos os dois nus nos acariciando, Júlio de perto era mais lindo ainda.

Mas não podia haver penetração pois estávamos sem camisinha, isso não diminuía o nosso tesão, Júlio era um expert em prazer, Eu fiz com ele algo que nunca tive coragem, chupei o seu pênis até que ele gozou na minha boca, com a boca cheia de esperma eu o beijei e dividimos aquele líquido maravilhoso, depois continuei a chupá-lo. Tomamos banho juntos e no despedimos.

continua depois da publicidade

Meu marido sempre se queixava que eu era por demais recatada em relação a sexo, de fato eu era uma dama na cama; por isso resolvi contar a ele o que tinha acontecido, sabia que sua reação seria positiva. Ele ficou super interessado e eme incentivou a, usando camisinha, transar com Júlio que ele achava que seria bom pra nossa vida sexual que eu tivesse um amante, de fato nessa noite transamos que nem loucos.
No dia seguinte liguei para o Julio, fomos na mesma hora ao motel transamos lodo de manhã, naquele dia dormimos no motel, transamos 8 vezes. Julio com muito carinho e eu, cheia de tesão, me convenceu a fazer anal, foi maravilhoso, foi minha primeira traição e meu primeiro anal.

Depois disso eu e Julio nos tornamos namorados, amantes e tudo mais.

Meu casamento se tornou bem melhor sexualmente, me tornei bem mais liberal, sou uma mulher mais bonita, mais bem cuidada, me visto melhor com roupas mais joviais, porém descobri que não sou uma mulher recatada, adoro aventuras, sou uma verdadeira putinha, mas assim é que sou feliz sexualmente.

3 comentários sobre “Um conto para mulheres

Deixe um comentário