Traição rápida virou troca de casal entre amigos com direito a convidada Parte I

Traição rápida virou troca de casal entre amigos com direito a convidada Parte I

Esse conto é real, aconteceu no passado. Somos todos de BH e sempre viajamos em turma, uma galera de classe média, todos bem empregados e formados.

Dessa vez alugamos uma casa bem ampla, varias suítes com piscina, área de churras muito bem estruturada em Lavras Novas que fica a 100 km de BH pra curtir um feriado. Nosso grupo de 15 amigos basicamente de casais e uns 3 solteiros é muito tranquilo não tem putaria as meninas são super discretas, gostamos mesmo é de beber e da companhia dos amigos.

A divisão dos quartos é sempre a mesma, ficamos como sempre eu (me chamo Rafael troquei todos os nomes verdadeiros) 28 a Paula 26 e o casal de amigos Matheus 28 e Bruna 28. Eu sou moreno, boa pinta não malho atualmente, mas tenho um corpo gostoso e uma rola grossa e grande que as meninas já comentaram devido o uso de sungas, as acordadas de pau duro, aquelas situações que vc não pode deixar de se exibir né…

Paula minha namorada é aquele estilo Brasil, gata cavala, coxa e peitos fartos e belo rabo, Matheus meu amigo é pinta tbm, ele malha faz cross fit meio parrudo e a Bruna, é linda rosto top mesmo corpo melhor ainda, um par de seios que sou tarado neles, cheinha muito farta meu estilo mas gostosa demais e os dois não conseguem ficar uma noite sem meter.

Os quartos são grandes cm banheiro uma cama de casal e um colchão de casal pro outro. No sorteio perdi e fiquei no chão, mas ok. Chegamos na cidade numa quinta a noite nos instalamos, fizemos umas compras e combinamos que nesse dia ficaríamos na casa bebendo e fazendo um churras… e eu o Matheus já vividos nessas viagens, combinávamos as escapulidas pra pra dar aquela metida, ele e a Bruna tarados que são já foram primeiro pro quarto com menos de 1 hora de golo.

Fizeram o que tinha que fazer voltaram… deu um tempo e eu tava seco na minha patroa, uma semana sem meter, fomos pro quarto e taca-lhe pau.. deu um tempo voltamos. A galera nem liga pq esse combinado é meio que geral kkkk.

Foi entrando a madrugada as meninas resolveram deitar o resto da galera continuou bebendo e bebendo no papo, lá pelas 3 eu já cansando da viagem e de beber, fui pro quarto… chegando lá me troquei de boa no banheiro, as meninas já dormindo deitei na minha patroa e a tara de meter voltou, como a Bruna tava bêbada e dormindo, pensei foda-se, acordei a Paula roçando meu pau na bunda dela, que primeiro resmungou mas com dois minutos já tava sendo penetrada, nisso devido o álcool eu tava pouco me importando com a Bruna na cama em cima, acho que a Paula não viu ela, achou q a bruna tinha voltado…

Começamos a meter como se não houvesse ninguém, de ladinho, ppmm e por aí vai…. até que na hora q ela veio cavalgar viu que a Bruna tava lá em cima mas essa hora já não adiantava nada, ela deu um suspiro colocou a mão na boca meio que rindo e continuamos metendo livremente muito gostoso senti que o tesão dela aumentou, acho q com um tempo ela percebeu que a bruna provavelmente acordou e fingiu continuar dormindo pra não atrapalhar e pra curtir a vista tbm pois a pouca luz da rua não limitava tanto a visão…

E ela começou a cavalgar forte fazendo aquele barulho gostoso do melado da buceta no pau, de repente ela parou viu que eu estava quase gozando e pediu pra me mamar.. ela deu aquela mamada que só ela faz, é uma bezerra no boquete, eu como tava bêbado aguentei segurar com mto esforço, e voltei a meter mas dessa vez de 4 socando ela forte, nessa hora é fato!

Bruna já tava acordada e nos 2 sabíamos disso estávamos nos exibindo pra ela, eu metendo forte a Paula gemendo gozando cada vez mais alto corpos ja suados ate q eu disse q iria gozar e ela virou como sempre e pediu pra tomar todo meu leite, mamou como uma puta ate a esporrada na garganta chegar e finalizarmos a ação, foi uma delicia… nisso fomos no banheiros nos limpamos deitamos ja era umas 4 e pouca, o Matheus so foi pro quarto la pelas 6. Dia seguinte acordamos tudo normal, ate pq teoricamente Bruna tava dormindo ne rsrsrs SQN, veio a tarde fizemos um passeio voltamos pra casa, a turma é meio caseira gosta mesmo de se curtir…

Fomos pra piscina tudo normal né, eu reparei na Bruna comentando algo cm alguém rindo e olhando pra mim…. nisso deu mais um tempo e eu tive que ir no quarto colocar cell pra carregar e mais fazer umas coisas, chegando lá a bruna tava deitada com o rabão pra cima um decote lindo mas com biquíni por baixo da blusa mexendo no cell, olhei rapidamente e fiz o que tinha q fazer… dai conversando normal com ela, papo vai papo vem aproveitei e perguntei a ela pq estava conversando com uma das meninas solteiras e olhando pra mim rindo.. ela pegou e disse

“- uai, essa noite vcs esqueceram que eu estava no quarto e se divertiram bem ein!.

” Eu disse fingindo de bobo “- desculpa Bruna, a gente não viu você.. acabamos empolgando um pouco.”

E dei uma risada.. Ela responde

“- um pouco? Nao sei como a Paula te aguenta.”

Eu fiquei meio sem graça, mas excitado com o que disse, pela posição dela na cama e por ela ter curtido ver…. eu tava de sunga, o volume cresceu na hora ela viu ja disse.

“- nossa Rafa seu tarado.”

Começou a rir levantou da cama e saiu andando pro banheiro eu no instinto não aguentei, quando ela passou na minha frente larguei um tapa na bunda dela, que bateu na minha mão de volta escorregando sua mão no meu volume. Eu já atrevido rindo disse.

“- quer ver melhor o que vc viu ontem?” ..

Ela olhou com cara de safada não respondeu, mas entrou pro banheiro com a porta entre-aberta… era o sinal, ja entrei agarrando ela por trás, que deu aquela suspirada me chamando de doido me empurrando, nisso eu peguei a mão dela coloquei no pau tirei pra fora, nessa hora ela falou

“-que isso Rafa, doido me respeita!” ….

Levei ela na manha, fiquei abraçando sarrando, ate ela dizer

continua depois da publicidade

“-como a Paula te aguenta… ta locoo.”

O clima de tensão e tesão daquele lance de menos de 3 min ficou pesado, mas aí me bateu uma bad pelo meu amigo, eu disse

“- uma pena vc não poder usar também.”

coloquei o pau pra dentro de volta.. nisso ela falou brincado

“-podemos resolver isso hj a noite, nos quatro, o que acha?”

Falei ”

– serio, meu sonho mas duvido “

E ri….. ela

“-seu o sonho o que ?”

– falei rasgado

“- vc montada em mim!”

Ela disse alisando meu pau já melado e latejando

“- nego safado, que pena vc nao poder.”

Foi quando não acreditei no que ela fez, ela colocou ele novamente pra fora desceu deu uma mamada molhada no meu pau negro grosso uns 2 min… ela levantou eu no tesão, empurrei a porta prontamente, abaixei o biquíni e a blusa no decote dela e mamei gostoso naqueles peitos lindos durinhos, nos beijamos gostoso de língua, foi tudo mto rápido, nao podia render nada ali, antes do caldo engrossar ela cortou a ação …mas saindo disse

“- isso pode melhorar, nao quero na traição, nem vc ne.”

Respondi

“- Claro, desculpa Bruna, que viagem foi essa nossa, morre aqui.”..

Ela insistiu, queria render mas de outra forma a danada “- sera que vc e o Matheus teriam essa coragem?.. dai sussurrou no meu ouvido

“-…seu gostoso.”

deu um selinho e saiu do banheiro, eu tive que acabar enrolando lá, tomei um banho, bati uma punha….. o resto dessa aventura inesquecível, verídica, eu conto em outro conto, isso foi só o inicio do feriado… hehe interessadas deixem e-mail. Bjos

Deixe um comentário