O patrão do meu marido

O patrão do meu marido

Olá! Vc pode, por favor, publicar este conto? Na verdade é uma história real:

Meu marido trabalha em um escritório e nossa relação é uma relação aberta. Saio sozinha com outros homens, casais e as vezes ele me acompanha.

Um tempo atrás, um cara se juntou como sócio nesta empresa e como toda mulher muito curiosa fui pesquisar no Facebook como seria esse que daria ordens ao meu marido,

Uau! Foi isso que meu cérebro disse quando vi a foto.

Como toda mulher, tenho olho clinico pra homem gostoso e safado. Mas e ai? Ele eh patrão do meu marido, ali não da pra investir…muito perigoso (pensei). O trabalho do meu marido pode estar em risco.

Mas os hormônios falaram mais alto. Ficava de buceta melada quando via as fotos dele no face. Imaginava:

“Se estou assim só de ver, imagina se conseguir transar com ele?”

Então decidi arriscar. Mandei mensagem dizendo da minha tara por ele, ele foi seco, rispido, pensei:”ja era. Ali não rola.

Enquanto tentava nas investidas, tinha meus contatos que podia sair pra me satisfazer enquanto meu marido trabalhava. Depois que ele chegava, contava tudo como tinha sido a transa e ele ficava muito excitado com que ouvia.

As vezes, não conseguia se conter e gozava só de ouvir.

Um belo dia, o patrão do meu marido resolve me dar uma chance, ops… seu pau pra eu brincar…rs e que brincadeira!

Realmente meu olhar clínico não errou ele é uma delicia!

continua depois da publicidade

Me lembro uma vez que fui, após o horário, no escritório.

Começamos a transar na sala de tv. Aí ele me levou na estação do meu marido…Uuuuui que delicia! Que tesão transar na cadeira onde meu marido senta todos os dias pra trabalhar!!!

Sentei no colo dele, rebolei gostoso pra sentir o pau dele la no fundo, voltamos pra sala de tv, fiquei de 4 em um sofá e la eu pedia pra ele socar forte, com isso tive orgasmos maravilhosos!!!!

Ele pega nos meus peitos de uma forma muito gostosa que me da muito tesão, muito mesmooooooo; enquanto mete na minha buceta segura forte meu peitos. As vezes engolia eles quase inteiros, (pois não são grandes).

Pra terminar, naquele dia ele gozou na minha cara….aaaaaaaahhhhhhhh….foi o maximo! Fui embora com cheiro de porra no meu nariz.

A partir deste dia nos encontramos outras vezes, lembrando que essas transas estão ocultas do meu marido, pois acho que não da pra misturar sexo com trabalho.

Minha vontade mesmo é de chupar ele com meu marido; e outros funcionários dentro do escritório em horário comercial.

Entrar bem quietinha me enfiar no meio das pernas dele, deslizar o ziper, tirar o pau dele pra fora e chupar com muita vontade, engolir até o fim…hummmmm….seria maravilhoso engolir a porra dele!

Melhor ainda é saber q, na disposição das mesas, meu marido fica de costas pra ele, e em todo tempo ele estaria sendo chifrado com o patrão delícia.

Quem sabe isso ainda aconteça…rs

Obrigada!

Deixe um comentário