Cu de bêbado não tem dono

Cu de bêbado não tem dono

Esse conto é totalmente real

Cu de bêbado não tem dono

Meu nome é Ricardo, tenho 20 anos 1,65, cabelo liso barba e e um bigodinho fininho kkk,sou atleta de natação e por essa razão estou cursando educação física, sou casado com a Christina que tem 1,45 cabelos aloirados,branca, seios meios e um rabo enorme, o fato ocorrido aconteceu no churrasco no bar próximo a faculdade para comemorar o fim do 3 período.

No dia anterior ao churrasco nós fomos assistir o jogo do Brasil na Marina da Glória, o Brasil venceu e a Christina bebeu demais, hahaha, optei por beber socialmente pois um casal completamente bêbado está sujeito a passar por situações não muito agradáveis

No dia seguinte ao show era o dia do churrasco,compramos uma vodka e uma carne para levar, ao chegarmos Christina começa a beber vodka com suco feito uma louca, logo depois começou a dançar e a rebolar sarrando no meu pau de 23 CM e eu comecei a ficar excitado, meus amigos começaram a brincar dizendo “hoje têm hein “ em determinado momento ela me deu um beijo tão quente que quando olhei pro lado o meu amigo fez um gesto como se ele estivesse sem ar,já estava claro que aquela putinha estava louca para me dar

As provocações não paravam, ela continuava a rebolar no meu pau que já não se aguentava mais dentro do short, até que ela começa a não se aguentar mais em pé e diz que está passando mal, fiquei contrariado e muito chateado pois queria curtir mais a festa,porém peguei um táxi e fui embora.

Chegando em casa ela estava completamente bêbada e eu comecei a reclamar com ela, pois queria ter ficado mais,ela mal conseguia tirar a roupa e me pediu ajuda, eu a ajudei e virei pro lado, ela começou a me provocar e eu fingindo estar dormindo,quando eu olho para o lado me deparo com ela de 4 com aquela bunda enorme na minha cara e ela diz

“Me come só um pouquinho “

Meu pau envergou na hora,pensei até em chupar aquela buceta enorme,mas ao encostar a cabeça do pau nela percebo que ela já estava encharcada então eu prontamente comecei a meter, ela gemia loucamente e dizia;

“Come a sua putinha com vontade, quero melar esse pau gostoso ”

E isso não demorou a acontecer,Christina tem Squirting e começou a gozar sem parar no meu pau deixando ele todo encharcado de goza, e cada vez que ela gozava se contraía toda, o que dá um tesão imenso ela gemia enquanto eu dizia

“Você não queria gozar? então goza no pau do seu macho sua cachorra! ”

Estava gostoso, porém resolvi mudar de posição, pedi para que ela deitasse de pernas abertas para o alto na posição frango assado, mas ela me surpreende diz:

“Não vai comer o cuzinho da sua puta? “

continua depois da publicidade

eu fiquei surpreso e disse: “Você quer?” e ela respondeu: “Claro! ” deixando transparecer todo o seu tesão na resposta afirmativa

Isso era fascinante,ela queria dar o cu não para me agradar,mas sim pelo prazer próprio e então eu peguei o lubrificante passei no meu pau,depois passei na porta do cu dela e comecei os trabalhos, o cuzinho dela piscava para mim, estava todo abertinho e entrou facilmente

Comecei a socar naquele cu enorme que engolia todos os meus 23 CM, ela mordia a fronha numa mistura de dor e prazer e disse

“Você não queria comer o meu cu? então come porra! arromba ele todinho!”

Quanto mais eu metia mais ela gemia e pedia:

“Fode o meu cu!

Meti naquele cu gostoso por uns 30 minutos no final perguntei a ela:

“Minha puta quer leitinho? ”
E ela respondeu:
“Só se for no meu cuzinho “

Não me aguentei e enchi aquele cu gostoso de porra,exaustos dormimos logo após o desfecho, na manhã do dia seguinte a Christina acorda me dizendo que não se lembra de nada e que estava com muita dor na bunda, será que eu devo contar a ela? hahaha, essa foi uma das minhas fodas mais inesquecíveis de todas.

Caso queiram falar sobre o conto ou esclarecerem alguma dúvida é só me chamar no wpp 021988523534

Deixe um comentário