A melhor foda da minha vida

A melhor foda da minha vida

Eu tenho 19 anos e ele mais novo que eu, tem 18. A gente se dá muito bem, principalmente na cama, ele me deixa louca e adoro ser a putinha dele.

Certo dia queria fazer algo diferente, para mostrar para ele o quão gostosa eu sou.

Coloquei uma lingerie preta, tipo um maiô, toda rendada e bem fininha que minha deixava uma delicia, coloquei um vestido por cima e um batom vermelho e fui para casa dele.

Quando cheguei a gente se cumprimentou e eu dei uma beijo nele tão intenso que me deu tesão e eu percebi que ele ficou também, fiquei toda molhadinha

Coloquei a mão dele na minha boceta, só para ele sentir como eu estava louca de tesão, mas tirei logo a mão e não deixei ele ficar com ela lá.

Sussurrei no ouvido dele “Tenha certeza que fiquei o dia inteiro desse jeito, só de pensar que você ia me foder”. Ele não conseguiu disfarçar a cara de safado e ficou louco para me comer.

Me chamou para ir para o quarto e eu fui, ele esperou eu deitar primeiro na cama, mas eu disse a ele que queria que ele sentasse, ele sentou e eu fui na minha bolsa e peguei um tecido e disse “hoje, eu vou fazer o que eu quiser com você”, ele está perplexo com aquilo e como eu estava segura e com aquela carinha de puta que ele adora.

continua depois da publicidade

Vendei os olhos dele e o empurrei para trás, para ele deitar. Tirei a bermuda dele e o deixei só de cueca, sentei em cima dele e comecei a beijar seu pescoço, sua boca.

Enquanto rebolava naquele pau gostoso que estava latejando de tão duro, fui descendo, beijei a barriga dele, passei a língua suavemente e desci, dei umas lambidas e beijos no pau dele dentro da cueca e segurei com vontade, subi beijei a boca dele é sussurrei no seu ouvido “o que você quer que eu faço, me diz”, ele pediu para eu chupa-lo, eu mandei ele dizer por favor, e ele repediu “por favor, chupa meu pau minha putinha”.

Louca para chupar aquele delicioso pau, eu desci tirei a cueca, e comecei a provoca-lo, dando uma lambidas alternadas de beijo, até que ele me puxou pelo cabelo e me pediu para chupar ele, e eu comecei a chupar aquela delicia toda, até ficar todo molhado, eu peguei o pau dele e coloquei na minha buceta, fiquei parada fazendo movimentos leves, enquanto passava as costas do dedo na barriga deles e sentia ele cada vez mais excitado e louco para me comer com força.

Subi e desci bem devagar, e comecei a sentar com força. Tirei a venda dele e disse “fode a sua putinha do jeito que você quiser”, ele me colocou de quatro e começou a socar com força, eu gemia alta de tesão, cadê vez mais estava mais gostoso e eu só conseguia gemer e gemer, e gozar e ficar cadê vez mais molhadinha.

Ele me colocou de frente, e começou a colocar o pau dentro de mim, alternando os movimentos, cadê vez ficava mais gostoso e eu não queria que acabasse, eu gritava de tesão e com uma cara de puta que ele adora, ele me diz que vai gozar e eu adoro quando ele diz isso, ele coloca cada vez com mais força e eu peço para ele gozar na minha boca, ele obedece meu pedido

E goza. Quando ele acaba, eu continuo cheia de tesão, e mando ele me chupar, ele me chupa até eu gozar de novo, do jeito que só ele sabe. A gente deitou, mortos de cansado e ficamos ali juntinho, até que o tesão voltou e agente fudeu de novo.

Deixe um comentário