Transando com o Noia do Bairro

Ola pessoal saudades de vir aqui expor minhas sacanagens, mas ultimamente estou praticamente uma santa ainda pra ajudar perdi meu emprego, mas vida que segue. Estava eu em casa quando uma bola dessas que os meninos jogam taco caiu na minha varandinha, só soube pq um dos rapazinhos gritou o nome do meu cunhado preso logo achei que era um dos amigos dele, mas pra minha surpresa era o rapaz pedindo pra pegara bolinha dele.
Quando sai na sacada dei de cara com um rapaz moreno todo sarado sem camisa não devia ter mais de 20 anos Leonardo assim se apresento pediu pra pegar a bolinha e eu deixei, o mesmo subiu no telhado e ao descer acabou se arranhando nas coxas ai falei pra me deixar ver e limpar pq tava com sangue e já trabalhei em hospital.

continua depois da publicidade

Leonardo assustado pelo sangue falou que ia levar a bolinha e voltava e assim fez quando chegou já tava com minhas coisas de primeiro socorros prontas, pedi pra ele tirar o shorts e senta no sofá. O menino tremia a cada passada de algodão nas coxas peludinhas e já estava ficando excitado eu sentindo o cheiro do suor das suas partes não estava diferente.
Eu ali de joelhos pedi para Leo levantar e puxei a borda da cueca e suas bolas caíram passei o algodão em sua virilha que estava raspada e ai o bichão deu sinal de vida, comecei a rir e ele todo sem graça disse que tava na seca e eu deixei ele calmo dizendo que aquilo era normal e que ele tinha um pau grande. O menino já tiro da cueca e pergunto se eu achava mesmo. Disse que sim e peguei firme que o menino estremeceu fechando os olhos, mas soltei e fui saindo quando o Leo me seguro e pediu pra não soltar não que tava tão boa.
Iniciei uma leve punheta nos 20 cm de rola morena e peludinha com saco caído e o menino só de olhos fechados curtindo, arrisquei e coloquei metade na boca e chupei firme que o novinho caiu sentado no sofá e seguro firme na minha cabeça empurrando o resto da pica pra dentro falando ¨isso que coisa gostosa meu deus ¨ me fazendo subir e descer na rola dura como ferro.
Definitivamente não curto dar, mas minha excitação era tanto que acabei me vendo com Leo tentando socar os dedos no meu cu e deixei estava em êxtase com seu cheiro seu toque, quando vi já estava atrás de mim tentando socar e foi empurrando tudo uma dor alucinante, mas também muito gostosa que me vez ceder ao pouco ate que metade entra e ele começou um vai e vem que me rasgava.
Leo deu algumas idas e vindas e me encheu de porra quente, ainda não tinha sentido tal sensação que foi muito boa, mas juro depois fiquei com receio.
Levantei e logo Leo veio me abraçar chorando pedindo pra não contar pra ninguém que ele era virgem, acalmei o jurando não contar e disse que era normal e que se dessa vontade poderia voltar mais sempre me avisando antes e assim fez, mas só mamei pq como disse não curto dar.
Em fim acabei que mamei ele mais umas três vezes e depois ele paro de vir, mas as vezes passa olhando e me cumprimenta. Sou de Franco da Rocha SP moreno 34 anos, gordo, peludo e amo mamar.

1 comentário sobre “Transando com o Noia do Bairro

Deixe um comentário