Minha mulher comeu meu cu

Vocês não fazem idéia da minha satisfação. Não podem nem mesmo imaginar. A não ser o homem que já tenha passado por esta situação.Este sim, é um felizardo como eu. Bem, para aqueles que querem acompanhar minha saga é só acessar meus outros contos. E também um conto no site contoerotico em últimos contos mês de maiode 2005, com o mesmo título acima. Veram como as idéias com o tempo mudam, mas conservam a essência. Seria bom, se vocês lessem estes contos antes desse.

Realizei meu sonho. Foi fantástico. Aluguei um filme pornô, onde em uma das cenas uma mulher colocava uma cinta e fodia o cú do cara. Como quem não sabia chamei minha mulher prá ver. O filme era como todos os outros sem nada de novo.

Mas, quando chegou na tal cena… Ela pirou. Foi além do que eu imaginava. Ela simplesmente surtou. Confesso que fiquei até com medo.

Ela falou: ” olha! eu quero fazer isto, quero te comer”. Eu tabém pirei. Fiz cú dôce. Falei: “não que isto!!! lamber meu cú ainda vai, agora isso não”.

Mas eu estava de pau duro. Ela colocou a mão e disse:

– Porque vc está de pau duro? Cofessa que quer. Não é vc mesmo quem diz que entre um homem e uma mulher na cama vale tudo?

-É, mas se eu aceitar, penso que vc vai achar que ue sou viado!

– e vc vai me achar sapatão!!! porque eu quero fazer o papel de homem…

Esse argumento me quebrou no meio. Eu já queria dar, agora então não teve jeito.

– Tá bom, vamos tentar.

Era domingo. Ela desligou o dvd. Acessou a internet, e foi logo procurando um site de sexshop. Depois de muita pesquisa, coseguimos achar uma cinta que agradou a ela e a mim. Tinha o pênis tamanho pequeno, com um outro que enfiava em sua vagina e outro pequenino no seu cú e era vibratório.

Na quinta-feira chegou. Eu fiquei louco quando ví. Falei prá ela todo contente.

– Amor… Seu pau chegou!!!

Ela colocou, e começou a desfilar, eu fiquei de pau duro na hora.

Ela percebeu e disse:

– Tá louco prá levar uma varada né?

Usou a mesma frase que eu sempre disse.

– Mas, tem de ser na hora certa.

Almoçamos e saímos para trabalhar.

Eu fiquei o dia inteiro de pau duro. Chegava a doer. Ela me cozinhou por mais dois dias.

Sábado saí com meus amigos para beber. Quando cheguei em casa, ela estava deitada na cama só de short, e de costas. Deitei por cima e comecei a morder sua nuca. Fui fazendo carinho e a virei de frente. Quando puxei seu short, veio a surpresa. Aquela cinta maravilhosa.

continua depois da publicidade

– Fiquei a tarde toda esperando vc chegar. Estou de pau duro.

Nossa!!! Não sei explicar.

Olhei prá ela deitada com seus seios duros, lindos e sua barriguinha sarada. E aquela pau virado prá mim. Foi tudo que eu sempre tinha imaginado.

Nos beijamos, dei meus famosos tapas na car dela, na bunda, puxei seus cabelos, xinguei e fiz de tudo.

Aí ela falou:

-Agora é a minha vez!!! Quero te comer de frango assado.

Passou xilocaína no meu cú e foi enfiando o dedo até onde deu. Eu quase gozei só com isto.

Mirou o pau na ponta do meu cú e começou a forçar.

Que visão!!!

Foi enfiando devagarzinho, e sem resistência nenhuma. Entrou fácil. Mais do que eu e ela imaginávamos. Nem quando eu como o cú dela entra fácil desse jeito.

Não doeu hora nenhuma, porque era pequeno.

Ela começou a dar estocadas, e na medida que metia seus seios ficavam mais duros. Eu ficava apertando e beliscando os bicos. O meu pau batia no meu umbigo, de tanto tesão. ela ligava e desligava o vibrador, era fascinante.

Eu estava adorando!!! Ela começou a me bater na cara e ao mesmo tempo gozou. Não aguentou e deitou-se sobre o meu peito. Aí, foi difícil segurar. Começou a bombar e me beijar na boca, puxou me cabelo e a xingar. Sua barriga punhetava meu pau e eu não aguentei. Gozei como um louco. Urrei, gritei, faei coisas sem nexo, xinguei também. Dei porrada nela.

Nunca gozei desse jeito. Estou de pau duro só de lembrar.

Então ela disse:

– Todo sábado agora você vai dar prá mim. Vou comer essa bundinha linda.E domingo lambo seu cuzinho.

Só que no outro dia ela não aguantou e me comeu de novo.

Desta vez de quatro. Bom demais… Eu olhava e via meu saco balançando com as estocadas que ela dava, ela batia na minha bunda e fazia tudo que eu sempre fiz com ela. tudo com muito carinho. Confesso que aprendí a comer o cú dela. Antes eu era um pouco bruto. Mas, agora faço a mesma coisa que ela faz comigo e ela está adorando.

E em outra oportunidade eu conto mais coisas. Não deixem de comentar este conto e darem a nota. E mais importante ainda me mandem um e-mail.

Valeu!!!

12 comentários sobre “Minha mulher comeu meu cu

    • tudo é conversando, meu marido não deixa eu nem chegar perto, e dizia que isso era pra gay, e não é não o ânus tbm pode dar prazer pra ambos é super normal isso, inclusive é algo do casal conversar, e com o tempo e muita conversa ele permitiu só os dedinhos kkk mas isso de só os dedinhos é por enquanto u.u me excito muito quando ele deixa.

Deixe um comentário