Maid… a empregada que manda

Esta é uma história do tempo onde eu morava e era estudante… “Cheguei a casa e vi a maninha vestida de Maid e um garoto comendo a boceta da vizinha casada e uma pessoa olhando se masturbando e voyeur eu me tornava”… No meu colégio tínhamos permissão pra ir a fim de semana a casa e consegui permissão pra ir adiantado já que a irmã Senpai havia viajado e querendo fica com a outra mana e eu tinha a chave da porta que da entrada a cozinha e quando entrei ouvir vozes.

E vi a mana vestida de empregada de luxo e no sofá estava à vizinha casada que percebi que a mana a chamava de “patroa e patroinha” e outra mulher que não conhecia e a mana a chamava de “amiga” e um garoto com uma venda nos olhos e a mana apontando o dedo no rosto da patroinha dizendo, aqui a empregada manda, vá mamar o pau dele e deixe brilhando a “maçaneta” deixe lubrificada e a patroa submissa obedece à empregada e vai ao garoto e nos lábios e a patroa chupeteira lubrificou a maçaneta que foi uma beleza.

E a mana se aproxima da outra que ela chamava de amiga e enrola as mãos nos cabelos dela e num requinte de obediência a faz ficar de joelhos e sentencia, mete os dedos na minha boceta e chupa pra sentir o gosto e pra isso abre com os dedos e chupa amiga de patroa que quem manda aqui é a empregada.

E após essa chupeta ela se aproxima da patroa como querendo avaliar se a patroa lubrificou a maçaneta e fala, a patroa sabe lubrificar eu sabia que maçaneta é contigo mesmo, e diz ao garoto serviçal, coloque a patroa no sofá e mete na boceta, ela merece. Porém antes ela bate com o pau rosto da patroinha e diz que é uma tapa na tua cara e aproveite porque tu és uma chupadora de vareta e agora pegue e coloca na boceta e a patroa colocou e entrou maciamente e a patroa se mostrou excelentíssima em lubrificar com a boceta uma vareta, e a maninha se mostrou empregada mandona diz a outra, tire a roupa e se masturbe.

E faz o garoto parar um pouco e lubrifica os dedos com saliva e coloca a ponta na argolinha da patroa e diz você gosta? Então aproveite que a empregada vai fazer você dá o cuzinho pra ele e coloca agora e assim ela o fez e foi uma penetração difícil, mas a cabeça penetrou e a patroa de mana a dizer… O que fiz? Eu sempre fui boazinha e tu mandas o garoto comer meu cuzinho… Boazinha? Tu mereces isso você é uma patroa putinha!

E minha irmã pega da bolsa e tira o dinheiro e diz que é pouco pra aturar cara de patroa chupeteira e a patroa começa a dizer aiiii o meu cuzinho, o garoto tá fodendo e tá arrombando minhas pregas do meu arinho, ele está abrindo tudo e eu só deveria da ao meu marido só ele deveria foder minha argola e agora se meu marido chegar como posso dar meu cuzinho pra ele se foi arrombado com por outro… Tu tá gostando, e vem dizer que é só teu marido…

Ora, quando tu me contrataste e que olhei pra você logo vi, essa patroa, ela só deve leva na rosca diz maid e ela passa por outro lado do sofá e diz, patroa lambe meu cuzinho abre bem e lambe no furinho quero a língua bem no centro do furinho.

E vocês acham que a patroa se recusou? Que nada a patroa estava gostando e passou a língua bem funda e não satisfeita passava o dedo ao redor das pregas de maid abrindo tudo e se deliciava e sendo atendida maid logo diz a amiga da patroa.

continua depois da publicidade

Vocês gostam de maltratar empregada? Agora vou me vingar é tua vez lambe a boceta da empregada e veja como minha boceta é suculenta e foi atendida de uma forma que nunca vi uma mulher chupar com gosto e nesse momento o garoto estocava no cuzinho da patroa que já tinha abrido e posso dizer que já era uma rosca saborosa e digna do homem meter com vontade e vigor.

E só restava a ela gemer sentindo a argola aberta pelo serviçal tarado. E a mana ordenar… Garoto ela de paga para ser um serviçal e nem paga em dia, come ela porque não paga em dia ela da por trás, então patroa revele que é uma puta na hora de da a bunda e não é ao patrão, e a patroa começa a dizer é isso serviçal, a patroa sabe da o cuzinho dela sim, fode com vontade o delicioso cuzinho da patroa que a patroa rebola na vara que a sociedade nem desconfia como eu dou pra outro quando o marido se ausenta, e enquanto isso, a “amiga” se acabava se masturbando e percebi que o envolvimento dela era pouco, mas talvez o fetiche fosse ver, e assim ela viu o garoto enche de semém o apertadinho e desejado cuzinho de patroa rica.

E logo a mana se levanta e leva o garoto até a porta e tira a venda dos olhos dele e diz lembre-se é segredo ninguém jamais deve saber o que acontece combinado?… Tá… E a mana diz toma essa grana é pra ti somos parceiros de um crime, valeu?…Certo… Thau… E a mana se aproxima das duas e diz gostaram? Ele é seguro.

E há um dialogo entre elas e sai pela porta lateral e desci e depois de horas liguei e perguntei se tinha iogurte na geladeira, desculpa é claro, pois assim saberiam que estou chegando e irem e a mana me recebeu com roupinha trocada com aquele olhar inocente que nem se desconfia como feticheira é.

E fui ao banho pensando… Quem não pagaria por uma empregada de olhar amável e mal sabem que é só tirar os olhos dela e puxa os cabelos das amigas da patroa? E faz a patroa lubrifica a maçaneta. E teve requintes ao fetiche de fantasia à obediência e não duvido dessa comida com ingredientes secretos preparados; por Maid!…A empregada que não obedece… Maid é a empregada que manda.

Espero que tenham gostado do escrito… Agora tenho algo a dizer sobre o colégio que estudo (dei) será: “O Colégio das putas” sub – Titulo de ala treze aos dezessete (não confundam com idade)… A história de um policial mandão que usa a farda pra se dar bem, mas o azar dele é que existia no colégio a “garota treze” Ela é uma garota colegial do mal.

Maísa Ibida…

2 comentários sobre “Maid… a empregada que manda

    • É muito vadia adorei o conto mas mais ainda seria ter vc Fernanda chupando meu pau junto com minha esposa 11 967045691 claro
      Esse é o meu zapp

Deixe um comentário